Jericoacoara-Ceará-2017

 

Desembarquei na praia de Jericoacoara, no município de Jijoca de Jericoacoara, a 300km de Fortaleza, capital do estado do Ceará, uma vila de pescadores rústica, de águas cristalinas e mornas e jangadas enfeitando um cenário de belezas únicas.

Atravessei rodovias, estrada de terra e já bem perto de "JERI", como é chamada esta vila, já viajei pela praia com a maré começando a subir!

As ruas de areia e muitas pessoas locais sentavam-se debaixo das árvores debaixo de um calor de 40 graus esperando turistas para os passeios.

Já senti por esta chegada que teria momentos inesquecíveis e transformadores nesta vila à beira mar, com dunas brancas que assoviam e batiam firme pelo meu corpo dando boas vindas!

Fantástico!

E foi assim o nosso primeiro encontro!

No entardecer, sobre as dunas, o mais lindo e famoso Por de Sol que eu já vi, o sol mergulha colorido no oceano, majestoso, mas muito majestoso!

Realmente um despertar dos sentidos! Uma despedida melancólica mas com a certeza do reencontro.

Dezenas de pessoas sobem nas dunas e como num mágico encontro com o infinito celebram juntos a beleza da natureza, e esperam até que o último raio de sol ilumine Jeri com seus coqueiros verdes, ao som musical  de uma capoeira na escuridão da noite!

Preparo minha câmara e junto com um guia da terra, vamos para as lagoas transparentes atravessando dunas brancas e fofas num "buggy" com muita areia pelo corpo. Por vários momentos voamos por cima delas numa emoção jamais sentida e vivida, fotos de uma paisagem branca e fluida se deslocando ao sabor do vento, desenhando encostas e traçando um futuro incerto.

O mar verde banha Jeri com suas rendeiras oferecendo suas belas produções por toda a parte. Os turistas atravessam e mergulham no mar na prática do Kitesurf, devido aos ventos moderados e constantes nessa época deixando a paisagem ainda mais colorida.

Caminhar descalça pelas areias das ruas e o passeio a cavalo pelas dunas esperando o grande espetáculo do dia "Por do Sol" foram experiências únicas, tanto no registro do local como de pessoas embriagadas por uma natureza pródiga e linda demais! 

 

Selma Arenales.